Notícias

85% das micro e pequenas indústrias não receberam informações sobre adesão ao programa do Governo Federal para liberação

https://abcreporter.com.br/2020/07/13/85-das-micro-e-pequenas-industrias-nao-receberam-informacoes-sobre-adesao-ao-programa-do-governo-federal-para-liberacao-de-credito/ LEIA MAIS

PLANO DE AÇÃO PARA RETOMADA AO TRABALHO - Encontro 30/06

Confira abaixo o vídeo da reunião realizada no dia 30/06 do Grupo Saúde Aepis LEIA MAIS

Plano de ação para retomada ao trabalho

LEIA MAIS

Video da reunião realizada no dia 12/06 - GRUPO SAÚDE AEPIS

Confira abaixo o vídeo da reunião realizada no dia 12/06 do Grupo Saúde Aepis LEIA MAIS

 EMPRESÁRIOS DE POLO INDUSTRIAL COBRAM PREFEITO DE MAUÁ POR MELHORIAS

Em 7 de fevereiro, a Associação dos Empresários do Polo Industrial do Sertãozinho (AEPIS), presidida por Newton Porchia, recebeu a visita do prefeito de Mauá Átila Jacomussi e de alguns secretários para uma reunião de reivindicações, com a presença de mais de 50 empresários. Na ocasião, a AEPIS entregou um dossiê com as principais necessidades do bairro de Sertaõzinho e proximidades, incluindo imagens e identificação dos pontos mais críticos. Entre as reivindicações estavam a falta de segurança que envolve desde assalto de funcionários até roubo de cabos telefônicos e elétricos das empresas ali instaladas; melhorias na infraestrutura, mobilidade urbana, conservação das vias públicas, falta de zeladoria e de sinalização. Diante dos empresários e diretoria da AEPIS, o prefeito de Mauá reconheceu as deficiências e prometeu providencias as melhorias solicitadas. A primeira a ser atendida nos próximos 10 dias  seria a operação de limpeza e roçagem, tapa-buracos, cata-bagulhos e sinali... LEIA MAIS

BLOCO K

Prezado associado, A FIESP e CIESP estão atentos acerca do bloco K, tanto que já fizemos inúmeras reuniões no COTEPE quando da sua implantação buscando sempre a simplificação e não exposição de dados relacionados com segredos industriais das empresas.   Recentemente com a publicação da Lei nº 13.874/19 conhecida como Lei da Liberdade Econômica, determinou claramente que o Livro de Controle de Produção e Estoque da Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil (Bloco K) fosse substituído por um sistema mais simplificado de escrituração digital de obrigações fiscais.   A preocupação do setor produtivo paulista com a possibilidade de manutenção do atual “Bloco K do SPED Fiscal”, que como sabemos, é a versão digital do livro Registro de Controle da Produção e do Estoque (modelo 3) ainda permanece, porém com a vinda da referida norma já estamos nos mobilizando para atuar perante a SEFAZ e CONFAZ buscando a regulamentação da lei e a alteração do sistema para um modelo mais simplifica... LEIA MAIS

Declaração Anual de Resíduos Sólidos

           Conforme estabelece o Artigo 14 do Decreto Estadual nº 54.645/2009, que regulamenta a Política Estadual de Resíduos Sólidos, Lei n° 12.300/2006, os geradores, transportadores e unidades receptoras de resíduos sólidos devem preencher a Declaração Anual de Resíduos Sólidos. O formulário está disponível para download O prazo de entrega é até o dia 31 de janeiro e o formulário abrange as informações relativas ao movimento de resíduos de interesse ambiental do ano anterior. (https://cetesb.sp.gov.br/licenciamentoambiental/downloads/).             A entrega deve ser feita por meio do Portal de Atendimento da CETESB, pelo sistema e-ambiente (https://e.ambiente.sp.gov.br/atendimento/), cujo acesso é realizado por meio de login e senha. Ao acessar o Portal, o usuário deve ir em "Abertura de Processos" e selecionar "Declaração Anual de Resíduos Sólidos".             Segundo à CETESB, após o envio da declaração, o usuário deve receber e-mail contendo o protocolo de entrega. Como o pr... LEIA MAIS

Ano Novo – Novas Atividades para os Grupos Técnicos de Trabalho

Neste ano de 2020, a AEPIS tem como um de seus objetivos estratégicos, o aumento de seu quadro de associados. Para tanto, visitas às empresas do Polo estão sendo programadas para apresentação da AEPIS e das vantagens de se associarem. Sem dúvida alguma, um dos grandes benefícios se refere às atividades dos Grupos Técnicos de Trabalho e suas redes de relacionamento. Esta dinâmica de trabalho permite a troca de informações técnicas de boas práticas, com orientações dadas por profissionais de alto gabarito das empresas associadas, propiciam a aquisição de conhecimento através de palestras com temas atuais para o momento das empresas, ministradas por especialistas de reconhecimento em suas áreas de atuação, além de possibilitar a realização de negócios entre associados e também com parceiros de serviços, credenciados pela AEPIS. Isto tudo, permeado pelos aspectos mais intangíveis como a confiança em  relação às informações e a amizade e respeito profissional, surgidos pela identificação ... LEIA MAIS

Skaf: "Justiça não pode criminalizar atividade empresarial"

NOTA OFICIAL  Skaf: "Justiça não pode criminalizar atividade empresarial"   Com todo o respeito à Justiça brasileira, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) vem a público para dizer que considera equivocadas e temerárias as recentes decisões judiciais que consideram o não recolhimento de Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no prazo como “crime passível de prisão”. Essa tipificação criminal existe em casos de apropriação indevida de valores. Por exemplo: se uma empresa desconta o valor do INSS de um empregado e não faz o recolhimento deste dinheiro à Receita Federal está cometendo um crime. Não há discussões. O caso do ICMS é totalmente distinto. Ele não é um imposto sobre o consumo. Não é pago pelo comprador final. Como o próprio nome diz, é pago por quem faz as mercadorias “circularem”. Ou seja, pelas empresas. Não há, portanto, como ocorrer apropriação indevida de valores de nenhuma natureza. Além disso, a legislação do I... LEIA MAIS

Lei extingue cobrança de 10% do FGTS paga pelos empregadores na demissão sem justa causa

Foi publicada a Lei n.13.932/19, que extingue a cobrança de 10% do FGTS paga pelos empregadores na demissão sem justa causa, pleito das nossas entidades para desonerar o contrato de trabalho. Portanto, a multa, a partir de janeiro de 2020, volta a ser 40%, como anteriormente.   Paulo Skaf Presidente da Fiesp e do Ciesp Fonte: http://emkt.fiesp.ind.br/emkt/tracer/?1,5996601,a52aa263,1bd2 LEIA MAIS
Voltar
Estamos esperando por você de Segunda à Sexta Das 8h00 às 17h00
Fone
11 4543.6147 11 98331.0660
-
- -
Av.Papa João XXIIII, 4170 - Sertãozinho - Mauá/SP Copyright © 2015 AEPIS - Todos os direitos reservados.
Siga a AEPIS Nas redes sociais